Carregando...
JusBrasil - Notícias
20 de agosto de 2014

Opinião - A contribuição dos imigrantes ao país

Publicado por Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (extraído pelo JusBrasil) - 4 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

Neste 1º de dezembro no Estado de São Paulo é comemorado o Dia do Imigrante. A data foi instituída pelo Decreto 30.128, de 14 de novembro de 1957, assinado pelo então governador Jânio Quadros. Os imigrantes deram grande contribuição com sua força de trabalho para o desenvolvimento do Brasil, tanto no setor rural, como nas áreas industriais, comerciais e culturais. Contribuíram ainda para a formação do povo brasileiro, desde o século 19, quando começou a se intensificar a imigração para o país. No Museu do Imigrante, administrado pelo governo do Estado, a data também é comemorada no dia 25 de junho.

Os imigrantes adotaram nosso Brasil como segunda pátria. Uma parte veio para o Brasil fugindo de guerras, outros vieram por causa de dificuldades econômicas em seus países de origem, e com certeza outra parte veio "fazer a vida" em nosso País, atraídos pela riqueza natural, pelo clima e outras características brasileiras. Vieram famílias inteiras ou jovens que aqui constituíram família. Mas vieram especialmente para trabalhar, derramar seu suor, com afinco, dignidade e respeito.

Eu, que sou descendente de imigrantes italianos, sei o que isso representa. Meu avô saiu de Potenza, chegou a Nápoles, cruzou o Atlântico e veio parar no Estado de São Paulo. Aqui constituiu família e trabalhou muito e a vida toda. Tenho orgulho de meus ascendentes, como disse dias atrás no Ato Solene, que comemorou na Assembleia os 20 anos de atividades do Patronato Inas-CISL no Brasil, entidade que dá suporte para a garantia de direitos dos imigrantes italianos e seus descendentes.

Mas nem tudo foi fácil e divertido para todos que vieram em busca de nova vida no Brasil. É necessário reconhecer que alguns passaram por dificuldades e até conflitos com os patrões brasileiros, especialmente no período que sucedeu o regime de escravidão, que vigorou no Brasil até o final do século 19. Principalmente com os fazendeiros, acostumados a lidar com escravos, infelizmente ainda tentavam manter alguns costumes que queriam aplicar aos imigrantes assalariados.

Outro ponto crucial para a vida de uma parcela de imigrantes e seus descendentes ocorreu com a eclosão da Segunda Guerra Mundial. Com a entrada do Brasil na guerra, ao lado das forças aliadas, principalmente Estados Unidos, França e Inglaterra, os alemães, italianos e japoneses, bem como seus familiares, passaram a ser hostilizados e até reprimidos em território brasileiro. Isso em razão de o conflito armado ter sido deflagrado pelas forças alemãs, às quais se juntaram os japoneses e italianos. Nem a língua de sua pátria de origem podiam falar em locais públicos. Eu era menino nessa época e com essa repressão acabei não aprendendo o idioma de meus ancestrais.

Mas o passar do tempo é o melhor remédio para curar as feridas. Portanto, nesta data comemorativa, queremos prestar nossa homenagem aos imigrantes italianos, portugueses, espanhóis, japoneses, alemães, sírios, libaneses, judeus, poloneses, ucranianos e outros que aqui aportaram. Todos contribuíram para o desenvolvimento do Brasil, como também da formação de nossa sociedade, com seus costumes, cultura, culinária, festas e tradições.

*Vitor Sapienza é economista, agente fiscal de rendas aposentado e deputado estadual (PPS).

0 Comentário

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "gritar" ;)

ou

×
Disponível em: http://al-sp.jusbrasil.com.br/noticias/2019647/opiniao-a-contribuicao-dos-imigrantes-ao-pais