jusbrasil.com.br
23 de Janeiro de 2019
    Adicione tópicos

    Regiões administrativa de Ribeirão Preto, Franca e Barretos

    Região Administrativa de Ribeirão Preto

    Localizada no noroeste de São Paulo, a Região Administrativa (RA) de Ribeirão Preto está em quinto lugar em termos de ocupação populacional, contando com cerca de 1,1 milhão de habitantes (dados de 2002). Cerca de 97% da sua população localiza-se em áreas urbanas, um dos índices mais altos do Estado, ficando atrás apenas da Região Metropolitana da Baixada Santista. As taxas de urbanização vão de 68% em Guatapará até 99,6% em Ribeirão Preto.

    Com população de 117 hab/km², a região apresenta uma das maiores densidades demográficas do Estado, considerando que ocupa apenas 3,7 % do território estadual. A região, formada por 25 municípios, tem sede em Ribeirão Preto, que é o maior pólo, com 47,5% da população. Somado a Sertãozinho, Jaboticabal, Monte Alto e Serrana, detém mais de 70% da população regional. A economia da região estrutura-se especialmente na agropecuária e na agroindústria sucroalcooleira. Destacam-se também as indústrias de suco de laranja, beneficiadoras de café, soja e amendoim, além de da fabricação de derivados de leite.

    É composta pelos seguintes municípios: Altinópolis, Barrinha, Brodowski, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guariba, Guatapará, Jaboticabal, Jardinópolis, Luís Antônio, Monte Alto, Pitangueiras, Pontal, Pradópolis, Ribeirão Preto, Santa Cruz da Esperança, Santa Rosa do Viterbo, Santo Antonio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana, Sertãozinho, Taquaral.

    Região Administrativa de Franca

    Situada no norte de São Paulo, em área equivalente a 4,2% do Estado, a Região Administrativa (RA) de Franca conta com uma população de 662 mil habitantes de acordo com dados de 2002 (1,7% da população estadual).

    A cidade-sede, Franca, abriga 45% da população regional (quase 300 mil habitantes). Cerca de 94% da população mora em áreas urbanas, variando de 62% em Cristais Paulista a 98% em Franca e São Joaquim da Barra. Composta por 23 municípios, a região apresenta densidade demográfica de 63,7 hab/km², oscilando de 13,8 hab/km² em Buritizal a 524,9 hab/km² em Franca e São Joaquim da Barra.

    A economia tem sua base na indústria de calçados, considerada uma das mais importantes produtoras no território nacional. De acordo com a Pesquisa da Atividade Econômica Paulista (Paep) realizada em 2001, a região de Franca emprega mais de 18 mil pessoas, sendo 53% delas na indústria local.

    É formada pelos municípios: Aramina, Batatais, Buritizal, Cristais Paulista, Franca, Guará, Igarapava, Ipuã, Itirapuã, Ituverava, Jeriquara, Miguelópolis, Morro Agudo, Nuporanga, Orlândia, Patrocínio Paulista, Pedregulho, Restinga, Ribeirão Corrente, Rifaina, Sales Oliveira, São Joaquim da Barra, São José da Bela Vista.

    Região Administrativa de Barretos

    Localizada no oeste de São Paulo, a Região Administrativa (RA) de Barretos tinha, em 2002, 95,5% da população residindo em áreas urbanas: a cidade-sede tem a maior taxa de urbanização (95%) e apenas os municípios de Altair e Colômbia apresentam índice inferior a 80%.

    Formada por apenas 19 municípios, a RA ocupa 3% do território estadual e apresenta a quarta menor densidade demográfica do Estado, com 48,7 hab/km².

    O município de Barretos abriga 26% da população regional. Somados aos moradores de Barretos, os habitantes de Bebedouro, Olímpia, Guairá e Monte Azul Paulista representam mais de 70% da população da região.

    A base da economia está nas culturas de cana-de-açúcar e de laranja, além da criação de gado de corte e de leite. O conjunto de atividades industriais ocupa em torno de 10 mil pessoas, sendo que cerca de metade corresponde a empregos na indústria de alimentos e bebidas, responsável por 86,7% do valor adicionado industrial da região.

    A RA é composta pelos seguintes municípios: Altair, Barretos, Bebedouro, Cajobi, Colina, Colômbia, Embaúba, Guaíra, Guaraci, Jaborandi, Monte Azul Paulista, Olímpia, Pirangi, Severínia, Taiaçu, Taiúva, Terra Roxa, Viradouro, Vista Alegre do Alto.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)